sábado, 28 de janeiro de 2012

Suposto ataque de OVNI mutila ser humano no Brasil

Data de incidente: terça feira de Carnaval - 5 de Março de 1946.


Local: povoado de Araçariguama, na circunscripção administrativa de São Roque, Estado de São Paulo, Brasil.

Identidade da vítima: João Prestes Filho, brasileiro, casado, agricultor e comerciante, residente na localidade.

Idade: 40 anos em 1946.

Homem fisicamente robusto gozando de excelente saude.

Principal testemunha interrogada, presentemente com 64 anos:

Aracy Gomide, brasileiro, casado, natural de São Roque. Idade em 1946: 39 anos.

Desempenhava as funções de Inspetor Fiscal da perfeitura de São Roque.

Possuía conhecimentos práticos sobre as doenças e cuidava dos doentes que padeciam de doenças vulgares, pois não havia médico no lugar nem mesmo nas próximidades.

Torna - se depois tesoureiro da prefeitura Municipal de São Roque. Sempre gozou de uma alta consideração social.

Inquiridor atual dos acontecimentos: Dr. Irineu José da Silveira.

Assistiram às declarações das testemunhas: Guilherme da Silva Pontes e Jonas de Sousa, comerciante, assim como João Gennari, corretor.

Eis os fatos:
Decorria tranquilo o ano de 1946, em Araçariguama, a alguns quilometros das margens do tio Tiête.

A pobre aldeia não dispunha ainda de luz eléctrica nem de redes telefónicas e estava afastada dos grandes centros da circulação.

No seu isolamento interior, limitava - se a uma superficie de terra batida rodeada por algumas casas antigas e pela histórica igreja diocesana (Igreja Mtriz). Zona rústica e exclusivamente consagrada à cultura primitiva dos cereais, nada fazia os desenvolvimentos ulteriores do progresso.

Toda a história da aldeia se reduzia a uma lenta sucessão de hábitos quotidianos, práticamente identicos. Uma excepção, todavia: de noite, luzes estranhas descreviam, saltitantes, trajetorias irregulares, no céu dos montes e bosques da região,dando lugar a opiniões divergentes no discurso das conversas das reuniões banais.

Em resumo: qualquer coisa novo, de surpreendente e de misterioso. Terça Feira de Carnaval, João Prestes Filho convidara oseu amigo Salvador dos Santos, de 39 anos de idade. Pediu à esposa para levar os filhos aos festejos do Carnaval, dizendo - lhe que devia deixar, enquanto isso, uma das janelas da casa entreaberta, para ele poder entrar em casa quando regressasse da pesca. Prestes Salvador passaram o dia a pescar, alegremente e sem preocupações.

Pelas 19 hora, sobre uma bruma ligeira e uniforme, uma atmosfera serena e não de tempestade, portanto imprópria para a formação de relampagos comuns e raios "globulares". Regressaram do rio Tietê, separatam - se numa bifurção do caminho, dirigindo - se cada um para a sua casa,que ficavam situadas em sítios diferentes e distantes um do outro.

Uma hora depois, Prestes, absolutamente aterrorizado, inrrompeu em casa da sua irmã Maria explicando em altos brandos e com voz entrecortada, que ao tentar abrir a janela da sua casa, foi atingido do exterior por um feixe de luz silencioso, do qual protegeu os olhos e, naturalmente a cabeça, com as duas mãos.

Aturdido caíu no chão durante alguns breves instantes e sem perder a consciência, levantou - se e figiu para o centro da aldeia, os seus movimentos mantendo - se aparentemente normais, à procura de ajuda.

Os visinhos de Maria, incluindo Aracy Gomide, foram chamados imediatamente. Prestes não cessava de repetir a sua história.

Gomide declarou que não largou Prestes. Os cabelos, a cabeça, os olhos, os fatos (camisa de manga curta, calças arregaçadas, nada de chapeu ou sapatos), assim como as partes do corpo de Prestes pela roupa, não apresentavam vestígios de queimaduras profundas ou ligeiras, nem anomalias.

Os seus olhos estavam dilatados de pavor e a voz excitada. Mas pouco depois, a cena transformou - se rapidamente em horror: as carnes de Prestes começaram a ficar visíveis, a tomar o mesmo aspeto que se tivesem cozido durante horas em água fervente.

Começava a deslocar - se dos ossos, caindo aos bocados do maxilar, do peito, dos braços, das mãos, dos dedos, da parte inferior das pernas, dos pés e dos ortelhos. Alguns fragmentos da carne ficaram suspensos pelos tendões, não ousando ps presentes arrancá - los. Depois tudo se deteriorou de forma imprevisível.

Os dentes e os ossos estavam a descoberto. Prestes recusou energicamente

Um espectro aterrador desconjuntando - se, de mutilação em mutilação. Os olhos encarquilhados de terror. Palavras já deformadas numa boca que se desarticulava.

Só restavam sons cujas significações se perdiam. Na confusão geral, o que restava do corpo quase decomposto de Prestes foi transportado para uma carroça que deveria levá - lo, à Santa Casa de Santana de Parnaíba, o hospital mais próximo.

Seis horas após a agressão de luz, um cadáver voltou a Araçariguama, pois Prestes morreu no decurso da viagem, sem chegar ao hospital.

Até aos seus últimos momentos, sons guturais sairam - lhe da boca que já só era dentes. Continuaria a repetir a história macabra?

Como não houve exame médico, a certidão de óbito, que foi assinada por várias testemunhas ignorantes, dizia: "Morto por queimaduras generealizadas".

Palavras incapazes traduzir esta morte atroz e desconhecida da nossa ciência atual, uma vez que os sintomas e o conjunto dos acontecimentos a ela ligados não correspondiam a lesões que possam ser produzidas quer pela electricidade natural (raio, etc.) ou artificial, nem por radiações conhecidas.

A Policia procedeu a algumas investigações que não conduziram a nada de válido que se pudesse acrescentar ao conteudo da certidão de óbito.

No local não se descobriram quaisquer vestígios, nem fora nem no interior da casa. No entanto, não é de excluir a hipotese, não provada, de que alguma coisa ou alguém estranho tenha estado em casa. Mas se efetivamente ai estivesse alguém, não era pessoa conhecida da região.

Foram depois observadas ainda luzes que executavam evoluções caprochosas, inesperadas e inofensivas no céu noturno de Araçariguama.

Não quero fazer nenhum comentário sobre este caso. Há mortos que devem ser respeitados. Os casos de falecimento após aparições de OVNIs, são raríssimos.

Nas condições descritas por F. M. Carrison, estes casos contam - se pelos dedos da mão e decorrem quase todos na América do Sul "Argentina e Brasil".

Michel Bougard

A crónica dos ovnis

Pagina 295, 296, 297

Ufo Portugal

Hoje temos inúmeros casos onde a pele e carne se desprende dos ossos.
Doenças e causas devido a drogas "krokodil" criam este efeito, porem é algo demorado no seu processo, mais precisamente dois anos.

Perante os fatos ocorridos em 1946, não se apresentam respostas para o que ocorreu com o Sr. João Prestes Filhos.
Como muito e bem referido por Michel Bougard, houve inúmeras falhas durante este processo por parte das autoridades.
Uma investigação deveria ter sido efetuada e não foi devido á localização do local como aos meios existentes na época para este fim.
Abaixo segue um vídeo onde a carne se desprende dos ossos.
Não recomendavel a pessoas senciveis.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Já viu um OVNI? Relate a sua experiência

Já observou algo de anormal da qual não encontra uma explicação plausível?

Queira por favor partilhar connosco a sua experiência, observação sobre a sua ocorrência.
Não importa de se foi uma observação antiga ou recente, em Portugal ou fora deste.

Envie - nos, um E - mail para: ufo_portugal@sapo.pt , conte - nos, a sua história.
Participe, ajude a dar conhecimento de casos que ainda estão ocultos na área da investigação da Ovnilogia.
video

Não fique indiferente, não se remeta ao silêncio.

Portugal: General Lemos Ferreira recorda encontro com OVNI

Um dos avistamentos de Objectos Voadores Não Identificados (OVNIs) que continua a fazer história teve lugar a 04 de Setembro de 1957 com um conjunto de militares da Força Aérea Portuguesa que voava sob o comandado do então capitão José Lemos Ferreira.


Cinquenta anos depois, o general retirado descreveu à agência Lusa o encontro de 'cerca de 35 minutos' ocorrido 'durante um voo de treino de navegação de quatros aviões F-84G entre a Ota e as cidades espanholas de Córdova e Cáceres'.

'Estávamos por cima de Córdova, a uns nove mil metros de altitude, quando vimos, ligeiramente acima da linha do horizonte, algo diferente do habitual: não era uma estrela, um astro ou um cometa, era uma espécie de esfera amarelada', recordou.

'Eu tinha um avião à minha direita e dois à minha esquerda, tendo recorrido à interfonia para partilhar impressões sobre o que estávamos a ver, sem conseguirmos chegar a nenhuma conclusão', acrescentou.

Mas o espanto ainda estava no início, pois 'após uns minutos, o objecto entrou em sucessivas expansões e retracções, passando da forma esférica amarela a uma grande bola colorida, como se fosse um berlinde dos miúdos mas de enormes dimensões'.

'Inicialmente ficámos na dúvida se a diferença de tamanho se devia à nossa aproximação mas depois vimos que o objecto estava realmente a variar de dimensões. Era como se, em segundos, se transformasse de uma bola de bilhar numa bola de basquetebol', contou.

Quando os aviões já iam na direcção de Cáceres, cidade espanhola que não chegaram a sobrevoar, deu-se a mais significativa das alterações, 'pois a esfera multicolor tornou-se numa espécie de salsicha mordiscada na periferia e mudou de cor para um vermelho intenso, deslocando-se para baixo da linha do horizonte'.

Eram quase 22:00 e o grupo não sabia o que pensar, 'sobretudo ao ver que quatro pequenas esferas amareladas como a inicial se destacavam do primeiro objecto e se posicionavam em torno deste', revelou Lemos Ferreira.

'Quando nos dirigíamos à Ota, um dos pilotos teve a sensação de que as esferas vinham sobre nós, pois deslocavam-se na nossa direcção a uma enorme velocidade', descreveu o também ex-Chefe de Estado Maior da Força Aérea, acrescentando que 'os aviões dispersaram para evitar uma possível colisão e, quando voltaram a reunir-se, já não foi possível ver mais nada'.

Lemos Ferreira, que é também ex-Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas assinalou que 'naquela época os OVNIs não eram objecto de conversa na Força Aérea', pelo que nenhum dos elementos do grupo 'imaginara que um encontro daqueles pudesse acontecer', tendo sido feito um relatório conjunto 'que a Força Aérea deve ter remetido à NATO'.

Sem querer avançar hipóteses concretas sobre o sucedido, o militar na reforma revelou que 'no dia e à hora em que isto aconteceu, dois ou três oficiais que eram caçadores viram, na zona de Coruche, onde os aviões começaram a baixar, uma dança de luzes no céu'.

Também um oficial que estava na Ota mas estudava em Coimbra contou a Lemos Ferreira que o Instituto Geofísico de Coimbra detectara, em simultâneo com o encontro, 'variações significativas no campo magnético terrestre'.

Apesar destas coincidências, o general considera que 'estabelecer uma relação seria especular' e conclui: 'A verdade é que, tendo milhares de horas de voo, como tripulante e como passageiro, nunca vi mais nada'.

Documentário:



Inf - DN

É sempre muito bom recordarmos estes casos que não são mencionados no History Channel, como foi o caso ocorrido no Irão a 19 Setembro de 1976.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Secção de Relatos Nacionais "Portugal"



Envie o seu relato para:



Lisboa 09/10/2017

OVNIs em Albufeira 13/08/2017

Azeitão -Setúbal - 15/07/2017

Armação de Pêra - 12,13/07/2017

Mirandela - 05/07/2017 

Quinta do Conde - 02/07/2017

Lisboa - 01/07/2017

Luzes na Margem Sul - Aroeira - 17/06/2017

OVNI em Santo André - Alentejo 05/06/2017 

Luzes em Setúbal 03/06/2017

Observação em São Bartolomeu Messines Algarve 06/05/2017

Objectos sobre Lisboa 24,30/04/2017

Objeto luminoso no Concelho de Trofa 11/04/2017

Santiago do Cacém 11/03/2017 

Coruche 12/02/2017

Fenómeno luminoso em Lisboa e Santa-Comba-Dão 24/01/2017

OVNI em Castelo Branco - 18/01/2017













































































































OVNIs em Vila Moura e Costa da Caparica

OVNIs em Alter do Chão 18-01-2013




Relatos referentes ao ano 2012....

OVNI na Serra de Grândola surpreende Caçadores

OVNIs sobre a cidade de Braga

OVNI observado e filmado sobre a cidade de Braga

OVNIs filmado sobre a cidade do Porto Setembro de 2012

OVNI em Ferreira do Zêzere "Gontijas

OVNIs na Aroeira Almada

OVNIs no Porto e Matosinhos

OVNI na Serra da Arrábida

OVNIs sobre a Serra da Freita

OVNI´s, sobre o Rio Tinto

OVNI novamente em Braga Agosto

OVNI sobre a cidade do Porto Agosto de 2012


OVNI dia 18 de Agosto 2012 Gontijas - Ferreira do Zêzere


OVNI na Marateca Águas de Moura "Portugal"

Ovni no Algarve "Olhos de Água"


Ovni 15/07/2012 Gontijas Ferreira do Zêzere


Braga na mira dos OVNIs


Idanha-a-Nova: Um OVNI 'passeia' pela barragem


Luzes misteriosas despertam atenção da população bracarense... Serão OVNIs?


Observação de OVNIs em Braga


OVNI em Braga "Portugal"


OVNIS em Santa Marinha do Zezere "Portugal"


Drone em Alcochete pode ter confundido residentes.


OVNI sobre Santarém

Crop Circle nas Lezirias "Portugal"


Luz misteriosa em Gualtar Portugal.


OVNI terá sido observado por camionista na IC27 Portugal.


OVNI sobre Barragem de CRESTUMA-LEVER


Observações anómalas a Norte de Portugal.


OVNI Viana do Castelo

OVNI na Ilha da Madeira


Relatos referentes ao ano 2009....

Campo Maior 17/02/2009 
Relatos referentes ao ano 2008....

OVNI Nisa Alentejo 08/08/2008

OVNIs sobre Sines 06-06-2008

Dois OVNIs em Porto Covo, Sines 28-02-2008 

OVNI em Lisboa 21-02-2008

Relatos referentes ao ano 2007....

OVNI persegue automobilista no Alentejo 2007 

Esfera sobre Sines 03-12-2007

OVNI sobrevoa Sines, com vídeo 03-08-2007

Mimosa de Alvalade Alentejo 
*******************************************************************************
OVNI na Lourinhã 2005 

Bragança 7 testemunhas 1999

Observação em Urqueira, Ourém 1998

Observação em Beja 1998 

OVNI em Mirandela

OVNI Figueira da Foz 1990 

OVNI em Alfena 1990

Automobilistas para na IC1/N5 Marateca para ver passagem de OVNI

Avistamento na praia das Ratas - Setúbal 1976

OVNI persegue automobilista durante 50 km 1977 

Força Aérea portuguesa interceta ovnis 1977 

A incrivel noite de 14 para 15 de Julho de 1979

OVNI sobre a cidade do Porto 1979 

OVNIs invadem o país 15 Julho de 1979

1968 Açores

OVNI em Castelo Branco 1954 


terça-feira, 3 de janeiro de 2012

OVNI na Ilha da Madeira

Objecto Voador Não Identificado é filmado na Ilha da Madeira.
O vídeo foi alojado no You Tube e de alguma forma, nos mostra um objecto algo estranho perante a sua fisionomia para com um comum balão festivo ou metereologico.
Seguem as palavras do autor e vídeo:


"Eu e meus amigos vimos um OVNI (31-12-2011), mas infelizmente não tivemos qualquer tipo de gravador de vídeo no momento.
Mas hoje nos deparamos com o mesmo objecto voador durante a condução e desta vez tivemos uma câmera.
Sua forma e tamanho invalida qualquer pressuposto lógico do já conhecido existentes objectos voadores feitos por humanos.
Ele estava se deslocando relativamente rápido, tendo diferentes direcções, a primeira vez que o vimos, ele caiu no mar.
Se alguém tiver alguma ideia do que isso pode ser, por favor diga".

video
01-01-2012

                               EM INVESTIGAÇÃO

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Primeiro OVNI de 2012

Taipei 101
Objecto Voador Não Identificado é filmado na capital de Taiwan.

Durante as celebrações de Ano Novo "2012", milhares de pessoas que se encontravam em Taipei junto da Torre 101, foram surpreendidas segundos antes do seu espetaculo de fogo de artificio.

A folia estava instalada durante as festividades, com o seu grandioso fogo de artificio e tradicional libertação de lanternas luminosas.
Escassos segundos antes da 00:00 horas, surge objecto luminoso que efectua movimentos erráticos, que de alguma forma não terá o mesmo comportamento de uma lanterna chinesa tradicional como também despertado atenção de quem empunhava câmeras de filmar de forma a registar o evento.

A altitude da Torre Taipei 101, é de 508 metros e bem a cima podemos ver através dos vídeos nuvens baixas.
Poderíamos concluir que o objecto não deveria estar alem de uns 1000 metros de altitude.
Este terá sido filmado em pontos diferentes com equipamentos diferentes o que lhe dá autenticidade e não uma fraude digital, como julgado inicialmente.
Será um OVNI ou um equipamento de controlo remoto!

Veja o vídeo deste objecto filmado em variados ângulos e tire as suas conclusões:

video